A Igreja templo da fé te convida a ser um vencedor.


Venha Desfrutar das grandesas de DEUS na sua vida.

Todas Quartas,Sextas,Domingo ás 19:30hs.

"Grande movimento de fé.

O mover de Deus na sua vida"

JESUS Curando,Libertando e Salvando vidas.

Pastor Adjaldo nunes estarei orando pela sua vida.


"O DEUS DO TEMPLO DA FÉ CUIDARÁ DE TI"

quarta-feira, 18 de maio de 2011

MINISTERIO EVANGELICO ALIANÇA 


 NÃO DEIXE A CHAMA DO ESPIRITO SANTO SE APAGA JAMAIS.



O profeta Isaías, ao se referir à grandeza de Deus e à confiança que nEle deve ter o homem, diz:
“Os que esperam no Senhor, adquirirão sempre novas forças, tomarão asas como de águia, correrão e não fatigarão, andarão e não desfalecerão.” Isaías 40:31

É muito singular que o Profeta compare os que confiam no Senhor às águias. É que elas têm uma forma toda especial de enfrentar as tempestades. Quando se aproxima uma tempestade as águias abrem suas asas, capazes de voar a uma velocidade de até noventa quilômetros por hora, e enfrentam a tormenta. Elas sabem que acima das nuvens escuras e das descargas elétricas, brilha o sol. Nessa luta terrível elas podem perder penas, podem se ferir, mas não temem e seguem em frente. Depois, enquanto todo mundo fica às escuras embaixo, elas voam vitoriosas e em paz, lá em cima. Confiança que traduz certeza é o seu lema. Para além da tormenta, brilha o sol, e o sol elas buscam.
Na morte, as águias também dão excelente lição de confiança. Como todos os seres vivos, elas também morrem um dia. Contudo, alguma vez você já se deparou com o cadáver de uma águia? É possível que já tenha visto o de uma galinha, de um cachorro, de um pombo. Quem sabe até de um bicho do mato nessas extensas estradas de reserva ecológica. Mas, com certeza nunca encontrou um cadáver de águia.
Sabe por quê? Porque quando elas sentem que chegou a hora de partir, não se lamentam nem ficam com medo. Localizam o pico de uma montanha inatingível, usam as últimas forças de seu corpo cansado e voam naquela direção. E lá esperam, resignadamente, o momento final. Até para morrer, as águias são extraordinárias.
Quando, por ventura, você se deparar com um momento difícil, em que as crises aparecem gerando outras crises, não admita que o desânimo se aposse das suas energias. Eleve-se acima da tempestade, através da oração. Pense que Deus é o autor e o sustentador de todo o bem. Pequenos dissabores que estejam atingindo você são convites a reexame dos empecilhos que enchem a estrada da sua vida.
Discórdia é problema que está pedindo ação pacificadora. Desarmonias domésticas são exigência de mais serviço aos familiares. Doença é processo de recuperação da verdadeira saúde. Até mesmo a presença da morte não significa outra coisa senão renovação, e mais vida.  Pense nisso:
Sempre que as aflições visitem seu lar em forma de enfermidade ou tristeza, humilhação ou desastre, não se entregue ao desalento.
Recorde que, se você procura pelo socorro de Deus, o socorro de Deus também está procurando alcançar você!
Se a tranqüilidade parece demorar um pouco, persevere na esperança, lembrando que o amparo de Deus
está oculto ou vem vindo.
SOBRE A MULHER (Mt 15:26-27). Nada tinha de israelita.
Essa mulher Cananéia era indigna, mas, persistente;
Não temos informação do seu estado civil, se era mãe-solteira, se era casada, viúva, ou separada;
Jesus a considerou, bem como os seus filhos como “cachorrinhos”, todavia, não no sentido pejorativo, tanto que usou o diminutivo, falando sobre um animalzinho de estimação;
Jesus entra na cidade, e junto seus discípulos;
De repente aparece a mulher gritando: E eis que uma mulher cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada;
A princípio Jesus não lhe dá atenção, todavia ela insistia, na certeza de que ali estava o Filho de Deus e que ali estava o fim do seu sofrimento;
Como sempre, os discípulos não tiveram compaixão, talvez que até pelo legalismo; e questionavam: E OS SEUS DISCÍPULOS, CHEGANDO AO PÉ DELE, ROGARAM-LHE, DIZENDO: DESPEDE-A, QUE VEM GRITANDO ATRÁS DE NÓS;
Jesus sempre tem uma resposta para os durões incomplacentes: E ELE, RESPONDENDO, DISSE: EU NÃO FUI ENVIADO SENÃO ÀS OVELHAS PERDIDAS DA CASA DE ISRAEL;
Então, chegou ela e adorou-o, dizendo: Senhor, socorre-me. Ela era mulher persistente, ela tinha consciência de que chegada era a hora de sua vitória.
“Ele, porém, respondendo, disse: Não é bom pegar o pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos.(os benefícios provenientes da presença do Messias em Israel não deviam ser desfrutados por gentios.) E ela disse: Sim, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus senhores. (Sem prejudicar os israelitas, os gentios também podiam desfrutar das bênçãos que eles recebiam.)
Então, respondeu lhe Jesus e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé. Seja isso feito para contigo, como tu desejas. E, desde aquela hora, a sua filha ficou sã” .
 1. Seu silêncio 2.Uma recusa  3.Uma repreensão


Um comentário:

  1. oi Pastor Adjaldo, que Deus continue abençoando este grande ministério que Deus tem colocado em suas mãos.
    muito obrigada pelo senhor e sua esposa fazerem parte da nossa vida (minha e de meu esposo) ministerial.
    Deus esta derramando uma chuva de benção e responsabilidade mas ELE só da pra quem ELE sabe que é capaz.

    ResponderExcluir